O QUE SÃO ABRASIVOS?
A lixa é um exemplo comum de abrasivo e faz parte da familia de ferramentas abrasivas, contudo, os abrasivos são produzidos em uma variedade enorme de formas e tamanhos e subdivididos em abrasivos rígidos e revestidos. Os abrasivos têm a função de cortar, desbastar, nivelar, equalizar superfícies, remover aparas, sobras ou lascas quando entra em contato direto com a superfície a ser trabalhada. Dessa forma, podemos entender que os abrasivos são substâncias naturais ou sintéticas empregados para desgastar, polir ou limpar outros materiais.

O QUE SÃO GRÃOS ABRASIVOS SINTÉTICOS E NATURAIS?
Os grãos abrasivos podem ser classificados como sintéticos ou naturais. Os  grãos abrasivos naturais surgem em veios na crosta terrestre ou são os próprios minerais formadores das rochas. Como exemplo temos o diamante que é o abrasivo natural de maior dureza encontrado na natureza. Estes quando imperfeitos e pequenos são triturados, reduzidos a pó e destinados para operações de polimento e esmerilhamento nas indústrias em geral. Incluem-se nos abrasivos naturais os minerais quartzo, coríndon, diamante, entre outros. Embora ainda muito utilizados, os abrasivos naturais vêm sendo gradativamente substituídos pelos sintéticos, dentre os quais se destacam o carbeto de silício e o óxido de alumínio. O grão abrasivo carbeto de silício é resultante da combinação de carbono com silício, obtida pela fusão, em forno elétrico, de uma mistura de coque, silício e serragem. O grão abrasivo óxido de alumínio é produzido com a fusão da bauxita em fornos elétricos. Além dessas duas substâncias, obtiveram-se com sucesso, em laboratório, o nitreto de boro, abrasivo com dureza semelhante à do diamante produzido artificialmente por processos que utilizam altas pressões e temperaturas.

QUAIS SÃO AS CARACTERÍSTICAS DOS GRÃOS ABRASIVOS?
A) Dureza: define a capacidade de um grão abrasivo riscar outros materiais de acordo com sua dureza. É baseada de acordo com a escala de Mohs. Esta escala compõe-se de dez minerais, aos quais se atribuíram valores arbitrários de dureza, em ordem ascendente: (1) talco e grafita, (2) gesso, (3) calcita, (4) fluorita, (5) apatita, (6) ortoclásio, (7) quartzo, (8) topázio, (9) coríndon  e (10) diamante. Por exemplo, o topázio corta o quartzo, mas não o coríndon, pelo qual se deixa cortar; o aço, que tem grau de dureza entre os números 6 e 7, risca o apatita, mas não o quartzo, pelo qual é riscado.
B) Tenacidade: define o quanto de energia mecânica ou impacto um material pode absorver até levar à sua ruptura. A tenacidade de um mineral pode ser friável, maleável, séctil, dúctil, flexível e elástico. Com isso é possível definir, por exemplo, se um determinado grão abrasivo é indicado ou não para operações de elevada pressão.
C) Friabilidade: identifica a capacidade do grão abrasivo se fraturar durante a operação quando este perde o poder de corte. Como consequência cria novas arestas cortantes obtendo assim menor geração de calor.

TIPOS DE GRÃOS ABRASIVOS
Os grãos abrasivos mais utilizados na indústria são o Óxido de alumínio marrom, óxido de alumínio branco, óxido de alumínio rubino (ou rosa), óxido de alumínio zircônio (ou zirconado), óxido de alumínio cerâmico, óxido de alumínio cerâmico Cubitron II 3M, carbeto de silício verde, carbeto de silício preto, quartzo, óxido de cério, coríndon , nitreto cubico de boro (CBN ou Borazon), entre outros.

QUAIS SÃO OS TAMANHOS DO GRÃO OU GRANA ABRASIVA?
Em virtude de suas múltiplas aplicações, os grãos abrasivos são disponibilizados em vários tamanhos, onde são   triturados e classificados em peneiras conforme o tamanho da partícula e classificados com números, onde quanto maior a numeração menor será o tamanho do grão, isto dentro das normas ANSI e FEPA. É a partir do seu tamanho que se define sua granulometria, variando do grão 16 (considerado grosso) ao 2500 (considerado superfino). Desta forma podemos usar a seguinte relação entre aplicação e granulometrias:
Desbaste Pesado – Grãos Grossos : 16, 24, 30, 36, 40 e 50
Desbaste Leve – Grãos Médios : 60, 80 e 100
Semi Acabamento – Grãos Finos : 120, 150 e 180
Acabamento – Grãos Muito Finos : 220, 240, 280 e 320
Polimento – Grãos Super Finos : 360, 400, 500, 600, 800, 1200, 1500, 2000 e 2500.

ONDE OS GRÃOS ABRASIVOS SÃO UTILIZADOS?
Os grãos abrasivos são amplamente utilizados como matéria-prima na fabricação das ferramentas abrasivas as quais são produzidas em diversos tipos e formatos, subdivididos entre ABRASIVOS RIGIDOS e ABRASIVOS REVESTIDOS. Sua aplicação é eficiente para trabalhar em metais ferrosos como aço inox, aço carbono, ferro fundido e ferro laminado; em metais não ferrosos como alumínio, bronze, cobre, latão, além de materiais como vidro, madeira, plástico, cerâmica, borracha, fibra de vidro, materiais compostos, em revestimentos como cromo duro, carbeto de tungstênio, entre outros.

O QUE SÃO ABRASIVOS REVESTIDOS E ABRASIVOS RIGIDOS?
Os ABRASIVOS REVESTIDOS, mais conhecidos como lixas, possuem um costado ou base onde o grão abrasivo é depositado e aderido através de cola ou resina. O costado utilizado na sua fabricação pode ser de um único tipo ou uma combinação de até três materiais, que são classificados de acordo com quesitos como peso, flexibilidade, dureza e resistência. Tecidos como o algodão e também materiais como poliéster e papel são aproveitados, enquanto no caso de discos de fibra uma fibra vulcanizada é utilizada na sua confecção. Através da combinação destes materiais é possível  produzir abrasivos específicos para cada tipo de aplicação. Para unir o material abrasivo ao seu costado, são aplicadas cola ou resina líquida para unir o produto como um todo. Os revestimentos adesivos podem ser aplicados em diferentes combinações, a fim de alcançar características de desempenho diferentes. A cola aplicada sobre a base do abrasivo produz uma adesão suave e é indicado para operações manuais leves, já a resina sobre cola proporciona melhor resistência ao calor e no caso da resina sobre a resina se produz suprimentos abrasivos mais rígidos, duráveis, mais resistentes ao calor e á prova d´água quando necessário.
ABRASIVOS RIGIDOS são as ferramentas abrasivas constituídas basicamente por uma mistura de grãos abrasivos e elementos aglomerantes ou “ligas”. O principio de ação destas ferramentas consiste no desgaste causado pela penetração superficial dos grãos abrasivos, ocasionando a remoção de partículas do material. Na medida em que se processa essa operação, os grãos abrasivos vão perdendo o seu poder de corte exigindo maior pressão na área de contato peça/rebolo, gerando uma força que fratura ou arranca as partículas gastas, expondo continuamente novas arestas de corte. Esse comportamento determina a principal característica funcional do rebolo, disco de corte, disco de desbaste, ponta montada, segmento abrasivo, etc; identificando-os como ferramentas de corte auto-afiáveis.

TIPOS E FORMATOS DE ABRASIVOS RIGIDOS

REBOLOS


 

Rebolo reto, rebolo copo reto, rebolo copo cônico, rebolo UL com rebaixo de um lado, rebolo DL com rebaixo dos dois lados, rebolo anel, rebolo prato, rebolo pires, rebolo chanfrado, rebolo ogival, rebolo GE geometria especial, rebolo de arraste.  

DISCOS DE CORTE


Disco de corte sem tela, disco de corte com uma tela, disco de corte com duas telas, disco de corte fino, disco de corte extrafino, disco de corte metalográfico, entre outros.

DISCOS DE DESBASTE


Disco de desbaste com duas telas, disco de desbaste com três telas.

PONTAS MONTADAS



Pontas montadas grupo A, grupo B, grupo C e pontas montadas especiais.

LIMAS ABRASIVAS


Lima abrasiva quadrada, lima abrasiva redonda, lima abrasiva meia cana, lima abrasiva triangular, lima abrasiva diamantada.

SEGMENTOS ABRASIVOS
Segmento Blanchard, segmento Cortland, segmento Keichel, segmento Mac Union, segmento Sulmecânica, segmento retangular, segmento trapezoidal.

PEDRAS ABRASIVAS
Pedra de afiar, bastão retificador.
 

TIPOS E FORMATOS DE ABRASIVOS REVESTIDOS

LIXAS



Folhas de lixa, rolos de lixa, rodas de lixa, mini rodas de lixa, roda PG, mini roda PG, roda policontour, roda PK, rodaflap, cinta de lixa, correia de lixa, fita de lixa, anel de lixa, rolinhos de lixa, cartucho de lixa, tubo de lixa, discos de lixa, disco de fibra, disco roloc, disco speed-lock, disco hookit, disco pluma, disco com velcro, disco de lixa adesivado, disco flap, flap disc, lixa boneca, lixa estrela, entre outros.

SCOTCH-BRITE

 

Folhas Scotch-Brite, rolos Scotch-Brite, discos Scotch-Brite, rodas Scotch-Brite, mini rodas Scotch-Brite, cinta Scotch-Brite Surface, correia Scotch-Brite Surface, escovas Scotch-Brite, manta Scotch-Brite, entre outros.

PROCURANDO POR ABRASIVOS ? ONDE ENCONTRAR ABRASIVOS?
Utilizando o abrasivo correto, seus trabalhos terão muito mais rendimento e eficiência. A Abrasivos Montagna Ltda possui grande experiência e conhecimentos adquiridos nestes 40 anos de atuação no mercado e pode ajudar sua empresa a utilizar o melhor ou o mais adequado abrasivo para cada operação.  

Regiões atendidas pela ABRASIVOS MONTAGNA LTDA:
Estado de SP – Grande São Paulo, baixada santista e interior
Estado de MG – Grande Belo Horizonte, Vale do aço, triangulo mineiro, etc.
Estado de AM – Manaus, polo industrial , zona franca
Demais regiões –despachamos material para todo Brasil
Entre em contato conosco